E para diminuir os triglicerídeos?

Lembra das dicas para diminuir o colesterol elevado, que colocamos no nosso Blog semana passada? Então, para diminuir os triglicerídeos, mantenha aqueles cuidados, mas principalmente as nossas dicas abaixo:

 

EVITE

  • pãesRefeições concentradas em carboidratos (massas e doces) e gorduras;
  • Alimentos à base de farinha de trigo refinada (pães, bolos ou biscoitos industrializados);
  •  Mais do que uma unidade de pão francês ou 2 fatias de pão de forma por refeição;
  • Doces (balas, açúcar branco e mascavo, geléia, gelatina, doces em pasta, frutas em calda, bolos recheados, tortas, melado, mel, glicose de milho, chocolates);
  • Bebidas alcoólicas;
  • Refrigerantes;balas
  • Preparações gordurosas (frituras, massas com molho cremoso, strogonoff, empadões, tortas salgadas e pizzas).

 

 

PREFIRA

  • pães e cereais integraisOs cereais integrais (arroz, pão, biscoito, torrada, farelo de trigo);
  • Peixes ricos em ômega 3 (cavala, salmão, atum, truta e sardinha);
  • Folhosos verde-escuros (espinafre, couve, agrião, salsa, escarola, brócolis e chicória);
  • Carne bovina magra (coxão-duro ou patinho), frango sem pele;
  • Leguminosas (feijão preto, mulatinho, lentilha, grão-de-bico e fradinho);
  • Óleos vegetais (soja, canola e azeite de oliva extra-virgem);
  • Fracionar as refeições em 5 a 6 vezes/ dia;
  • Usar adoçante em substituição ao açúcar branco, mascavo, mel, melado e glicose de milho;
  • linhaça1 col. (sopa) de semente de linhaça dourada/ dia na vitamina, iogurte ou suco ou nas refeições;

 

 

E valem as mesmas dicas da semana passada, veja abaixo:

 

  • Observe bem os rótulos dos alimentos. A maioria das pessoas se preocupa com as calorias e esquece de olhar nas embalagens a informação sobre a quantidade de gordura, igualmente prejudicial ao organismo quando ingerida em excesso.
  • Coma mais verduras e legumes. Só uma vez por dia não resolve. É preciso comê-los no almoço e no jantar. Além do clássico prato de salada, prepare sopas, verduras refogadas e legumes cozidos.
  • Acrescente fibras à dieta. Várias pesquisas mostram que o consumo regular de fibras reduz os níveis de colesterol. Pão integral, aveia, feijão, grão-de-bico e ameixa são ótimas opções.
  • azeite de olivaO azeite de oliva é rico em Ômega 9 e excelente para aumentar o HDL. Use-o diariamente nas saladas ou em pratos quentes. Mas atenção, use-o diretamente nos pratos quentes, não aqueça o azeite de oliva senão ele perde a propriedade.
  • Pratique atividades físicas. Exercícios aeróbicos alteram a produção das enzimas que regulam as taxas de colesterol ruim no sangue e aumentam o HDL, o colesterol bom.  E, quanto maior a dedicação para malhar, mais rápido vem o resultado.

 

 

Comments are closed